Skip to content

No dia 2 de março de 2016, a BHP Billiton anunciou que a SamarcoMineração S.A. (Samarco), a Vale e a BHP Billiton Brasil LTDA (BHP Billiton Brasil) firmaram um acordo (Acordo) com a Advocacia Geral da União do Brasil, com os estados de Espírito Santo e Minas Gerais e com outras autoridades públicas (Autoridades Brasileiras) para a restauração do meio ambiente e das comunidades afetadas pelo rompimento da barragem da Samarco.     

Em 5 de maio de 2016, o Tribunal Regional Federal em Brasília homologou o Acordo. 

O acordo prevê uma estrutura de trabalho com a qual tanto a Samarco, como seus acionistas e as autoridades brasileiras concordam, acreditando que esta seja a melhor forma de gerenciar a resposta em andamento em relação à tragédia ocorrida na Samarco.  O Acordo cria uma Fundação que estipulará uma ampla gama de programas visando abordar as consequências sociais, econômicas e ambientais em decorrência do rompimento da barragem.  Os programas serão determinados pela área de ciência, e refletirão as necessidades da comunidade.    

O anúncio anterior da BHP Billiton sobre o acordo da estrutura de trabalho se encontra disponível aqui.

Subscribe to news alerts

No keyword(s) entered

Please ensure you enter a keyword and try searching again

Invalid email

Sorry, we are unable to subscribe you. Please ensure you have entered a valid email address and try again.

Subscription received

Thank you for subscribing to BHP Billiton news alerts. Please check your email for confirmation of your subscription.

Subscription confirmed

You have already signed up to our newsletter.

Loading the player...