Skip to content

A Vale e a BHP Billiton anunciaram hoje os planos de trabalho conjunto, com a Samarco, para estabelecer um fundo voluntário, sem fins lucrativos, para apoiar o resgate e recuperação do sistema fluvial Rio Doce, afetado pelo incidente da barragem de Fundão da Samarco, no estado de Minas Gerais no dia 5 de novembro de 2015.

O Fundo inicialmente será patrocinado pela Vale e BHP Billiton. A ideia é buscar apoio financeiro adicional de outras organizações não-governamentais, públicas e privadas. O valor inicial ainda está sendo definido. O objetivo, entretanto, é que esses recursos apoiem os esforços de regaste e recuperação do sistema fluvial a longo prazo.

Está sendo proposto que o Fundo tenha um comitê para direcionar o investimento e supervisionar a aprovação de orçamento. O número de participantes ainda não foi definido, mas provavelmente incluirá representantes de entidades públicas e privadas. Uma equipe dedicada será responsável por sua gestão, de acordo com as metas estabelecidas. O Fundo também será submetido a auditorias independentes regulares. Os patrocinadores estão finalizando os aspectos de governança, escopo, financeiros e os interessados associados com o Fundo para garantir que possa ser efetivado o mais breve possível.

As ações para recuperar o sistema fluvial Rio Doce inclui a recomposição da mata ciliar, qualidade de água e fauna aquática, assim como também ajudar no resgate da biodiversidade da bacia fluvial do Rio Doce. 

Hoje apenas quatro porcento da cobertura original da mata atlântica permanece na bacia do rio. Aproximadamente 80 porcento da área é formada de pastagem degradada. O solo desmatado dificulta a infiltração de água de chuva, o que mantém os níveis do lençol freático. O fluxo do Rio Doce nos meses secos, que historicamente era de 300m3 por segundo, caiu na região de Colatina (estado do Espírito Santo) em 2015 para 80m3 por segundo.

Ao anunciar os planos para o Fundo, o Diretor-Presidente da Vale, Murilo Ferreira, e o Diretor-Presidente da BHP Billiton, Andrew Mackenzie, fizerem as declarações conjuntas de apoio abaixo: “A Vale e a BHP Billiton estão comprometidas a apoiar a reabilitação das áreas do sistema do Rio Doce impactadas pela recente tragédia.

“O foco imediato para a Samarco tem sido assegurar a segurança das operações e apoiar a resposta humanitária e ambiental. Também deverão ser feitos planos para a recuperação e reabilitação do ambiente afetado.

“O Fundo focará em apoiar a remediação do rio como parte do compromisso da Vale, BHP Billiton e Samarco para o ambiente aquático após a liberação dos rejeitos dentro da bacia do Rio Doce.

“Para nós, este Fundo é parte de uma contribuição positiva para a população brasileira, que deve tanto a esse sistema fluvial.”

Subscribe to news alerts

No keyword(s) entered

Please ensure you enter a keyword and try searching again

Invalid email

Sorry, we are unable to subscribe you. Please ensure you have entered a valid email address and try again.

Subscription received

Thank you for subscribing to BHP Billiton news alerts. Please check your email for confirmation of your subscription.

Subscription confirmed

You have already signed up to our newsletter.

Loading the player...